Campino

O guardador de touros é vulgarmente designado por campino. Esta expressão tem constituído a referência etnográfica, quase exclusiva, do Ribatejo pitoresco. A bravura do touro, a paisagem a perder de vista e a permanência solitária no campo, concorreram para que se acentuassem os feitos e se evocassem os actos de coragem e valentia desta “figura da lezíria que nasce e morre nos campos da Borda d’água” (M.Mesquita, 1908).

 

O termo campino adquiriu um significado tão amplo que ultrapassou tosos os qualificativos profissionais, é o guardador que se faz campino. Campino é aquele que sabe campinar, os que são realmente guardas de touros e sabem “proceder à enchocalhação, conduzir o gado nas tentas, nas ferras, encaminhá-lo para a manga e para o enjaulador, orientá-lo nas largadas e nas esperas, fazê-lo recolher após a lide tauromáquica” (Micaela Soares, 1991).

Aprender a campinar, à parte os falsos simbolismos dos cortejos e festas de touros, é uma vida. O rapaz começa por ser o anojeiro, contacta directamente com o moiral e vai-lhe aprendendo o ofício, trata dos anojos – os animais doentes e velhos. Mais tarde torna-se o roupeiro “aquele que rompe com tudo o que é preciso”, as alfaias para os trabalhos da lavoura, ajudando na guarda e tratamento dos gados. Passa, então a maioral das éguas e depois maioral dos bois – bois da terra, os que trabalham e bois da boa vida, os de lide, e o moiral “tanto os experimenta na valentia como os doma sob a canga”. No topo encontra-se o abegão “que dirige o trabalho da sementeira e que governa em todos os outros trabalhos” (Leite Vasconcelos, 1936).

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • .:Editorial:.

    Esta página digital serve o propósito de divulgação exterior, aproximação aos públicos, contacto privilegiado com Entidades Públicas de manifesto interesse, por parte do Museu Municipal de Benavente.
  • Categorias

  • .:Direcção do Museu:.

    Cristina Martins Gonçalves
  • .:Contactos:.

    Telefone:263 519 665
  • Arquivos

  • Artigos Recentes

  • Blog Stats

  • Comentários Recentes

    ewinggrant88232 em Afro-Brasileirando
    geisa em O que é um Museu?
    geisa em O que é um Museu?
    relogio feminino lin… em Traje
    Rui Manuel Santos Si… em Mecanização Agrícola
  • Entradas Mais Populares

  • [Conceito e Conteúdos]

    João Ferreira Dias
  • Kontrastes
  • %d bloggers like this: